quarta-feira, 21 de Dezembro de 2011

Trazer à Memória

Êxodo – 7:15 - 21
- Este é o encontro de Moisés com Faraó no momento da primeira praga, e este encontro dá-se nas margens do RIO NILO. Diz o texto que naquela manhã que as águas de todo o EGITO foram transformadas em sangue.

- O local deste encontro com Faraó, o rio Nilo, era muito significativo para Moisés: Podemos imaginar que ele olha para aquele rio e começa a trazer à sua memória a sua própria história: - “Há oitenta anos atrás eu era um bebezinho e minha mãe na esperança de me salvar me colocou dentro de um cesto de junco e eu fui salvo pela filha de Faraó que tinha o costume de se banhar nesta praia fluvial...”

- Aliás MOISÉS gostava de recordar fatos históricos. Basta ler o livro de Deuteronômio 1:1-6 quando ele dirige o primeiro discurso ao povo no final do êxodo e pouco antes da ocupação da terra de Canaã. O texto diz assim: (ler 1:1-6...)?

- ... e então ele começa a trazer à memória daquele povo os episódios da sua história, amarrando o passado com o presente e preparando os ouvintes para o futuro glorioso que DEUS haveria de dar.

- E agora MOISÉS está diante do Rio Nilo e a sua memória é acionada e o filme da sua vida começa a se desenrolar: Talvez ele tenha se lembrado da mãe hebréia, da mãe egípcia (ou seja a mãe natural e a mãe adotiva): de Joquebede (tia de seu pai) e da princesa (filha de Faraó)...

- Talvez tenha se lembrado daquele caudal enorme de cultura palaciana que recebeu por fazer parte da elite que governava o país mais progressista e poderoso da época

- Talvez tenha se lembrado de suas lutas íntimas antes de ter a coragem de abdicar as glórias do EGITO e os prazeres transitórios do pecado, para perfilar com os seus irmãos oprimidos...

- Talvez, naquela manhã, diante do RIO NILO ele traz a memória aquela estranha arte de ver o invisível e de contemplar à distancia o galardão que DEUS costumava distribuir com os que vivem pela fé. - É porisso que Hebreus 11:27 nos diz: “...e foi porque confiava em Deus que Moisés saiu da terra do Egito e não teve medo da ira do rei. Assim ele prosseguiu o seu caminho, parecia que ele podia ver DEUS bem alí do seu lado”
- Talvez ele tenha se lembrado da sua impetuosidade não domesticada que o fizera matar o egípicio que estava espancando um de seus parentes distantes...

- Talvez tenha se lembrado da incompreensão dos hebreus..... se lembrado dos quarenta anos passados não na metrópole, mas na terra de Mídia, onde se casara, onde se tornara pai de dois meninos e onde trabalhara como pecuarista....

- Talvez tenha se lembrado do estranho fenômeno da sarça que se queimava e não se consumia e daquele tremendo e decisivo encontro com DEUS no monte Horebe, quando a vocação esquecida voltara à tona de modo irreversível...

- Eu creio irmãos que todas essas lembranças se elucidavam por que Moisés estava ali à margem do Rio Nilo e agora, à espera de Faraó, oitenta anos depois de ter sido descoberto pela princesa. - E acredito que o seu coração se encheu de gratidão e de determinação!

- Nós temos muitas razões para agradecer a Deus pelo ano 2000! Foram tantas as bênçãos do Pai que tentar descreve-las seria como explicar como é ser Feliz! .... e felicidade a gente não explica, a gente sente e acaba transmitindo aos outros.

- Assim também são as bênçãos de Deus. Porisso o Salmista se expressa assim no capítulo 126:1 “Quando o Senhor restaurou a sorte de Sião ficamos como quem sonha”...

- Podemos dizer que no início deste ano, quando as probabilidades apontavam que este seria um ano muito difícil, de estagnação do trabalho, de mera manutenção do que já vínhamos fazendo, o SENHOR nos deu um ano de grandes bênçãos, realizando o impossível e tornando sonhos em realidade.

- Com certeza você também tem muito que agradecer ao Senhor nesta hora. Moisés teve muitas lutas e dificuldades, mas quando ele coloca tudo isso na balança, naquele momento em que ele olha os oitenta anos que se passara, ... ele verifica que tinha muito que agradecer ao SENHOR....

- Eu convido você, neste momento ímpar da nossa história: quando vamos inaugurar um novo ano, um novo século, um novo milênio ... a trazer à sua memória aquilo que te dá esperança e saber que você pertence a um DEUS DE AMOR, e que você pode confiar NELE, descansar NELE, esperar NELE ... e declarar que o DEUS a quem você serve nunca falhou e nunca falhará!!!

Sem comentários: